14.6.08

Europe says: No 2 Ireland



Caros Europeus

Descobrimos esta bela campanha algures no espaço. E há que concordar com os autores deste pertinente cartaz (o primeiro, é claro). Se a Irlanda não gosta de nós, nós também não gostamos da Irlanda. E nesta coisa dos "amores", a sabedoria popular tem sempre algo a dizer. Algo com "amigo não empata amigo", ou mesmo "quem está mal, muda-se".
Os terroristas reformados do Sinn Féin não morrem de amores pelo tratado, pois muito bem, nós também não morremos de amores por eles. E, tal como em qualquer relação normal, separam-se os conjuges e devolvem-se as prendas. Nós devolvemos a Guiness, eles que devolvam os euros.

3 comentários:

carlopod disse...

boa, any. Espero que seja mais que uma campanha.
A Irlanda é um país ultra-nacionalista e reaccionário católico, onde nem os direitos das mulheres são respeitados (não admitem o aborto nem em caso de violação).
É por eles que vamos ficar pendurados?
Rua com eles! Se não houver ameaça de expulsão, haverá sempre quem queira atrasar tudo.

razorblade disse...

a coisa até tem um erro. não foram 1,6 milhões, mas 842 mil. ainda menos portanto. acho que deveriamos iniciar uma campanha, com petição e tudo, para a expulsão da irlanda. e se os ingleses também começarem com tretas, vão pelo mesmo caminho. esta gente já mete nojo. tal como o bloco e os comunas que só defendem os referendos que lhes apetece.

allaboutheforest disse...

Ó razor não sejas tão mau. daqui a pouco estás a sugerir também o afastamento da República Checa e da Polónia lol