28.2.07

STOP THE PRESS! Portas, Quinta, 20H, CCB e Todas as TVs

O regresso de Portas: Ex-líder anuncia esta quinta-feira se volta a candidatar-se à chefia do CDS-PP: O antigo líder do CDS-PP Paulo Portas vai anunciar publicamente esta quinta-feira se volta ou não a candidatar-se à presidência do partido. A declaração vai ser feita no Centro Cultural de Belém, em Lisboa, quando forem exactamente 20h00, ao mesmo tempo da abertura dos principais jornais televisivos. http://sic.sapo.pt/online/noticias/pais/20070228+O+regresso+de+Portas.htm
Back to Portas, Back to Portas, Back to Portas

Este post não fala do Paulo Portas


É conhecida a qualidade da justiça portuguesa e o muito que nos orgulhamos dela. Pelos vistos não somos os únicos a "gostar" dela. O Comité Europeu dos Direitos Sociais, um órgão do Conselho da Europa, considerou censurável, e prepara-se para a punição, um acórdão do Supremo Tribunal de Justiça português que diz, entre outros mimos, que "as estaladas e as palmadas, se não forem dadas (aos filhos), podem configurar negligência educacional". O texto, lido no Público, diz também que "fechar crianças num quarto é um castigo normal de um bom pai de família". Pois muito bem. Nesta linha de pensamento, acho que é de plena justiça que os filhos desses bons pais de família cheguem depois à escola e batam nos professores. Parece-me um castigo normal a bela da bofetada, do murro ou da ameaça com arma branca, afinal, quem sai aos seus não degenera. E os números dizem isso mesmo. Um estudo revelado ontem diz que, durante o último ano lectivo, 390 professores do 2.º e 3.º ciclo foram vítimas de agressão. É a doce vingança que se come fria. Será que o Paulo Portas também levava palmadas? Ops.

Kit saia e botas da tropa

Esta reportagem da Festa da Saia era originalmente para ser feita pelo Razorblade para sair amanhã mas como à última hora não lhe apeteceu ir, lá vai ter que ser feita por mim, sem metade do interesse porque como sabem não tenho jeito para dizer mal de ninguém.

Logo no Bairro Alto, já só se viam saias. Obviamente não era só gente com convite para a festa do Lux mas sobretudo gente que queria fingir que tinha convite para a festa do Lux. Uma ideia genial, diga-se de passagem: quem quer ser visto numa festa temática da discoteca da moda e para a qual tragicamente não tem convite, basta-lhe vestir-se do tema e ser visto numa das antecâmaras do Lux no Bairro Alto e depois ir para casa curtir a depressão sozinho.

Lá dentro, festa em grande estilo, o padrão era este: mini mini mini mini mas mesmo mini saias, mesmo, mesmo justinhas ao corpo; duas a quatro peúgas na zona frontal dos slips para reforçar a mala (outra razão para levar saia justa); e, obviamente, para compensar essa paneleirice toda, botas da tropa. Não vi ninguém de sandálias da Mango mas ainda descobri um pequeno herói de saltos altos. Allaboutheforest, que me convidou para a festa (eu nunca recebo convites do Lux mas aparece sempre alguém que me aceita levar a troco de muito dinheiro), deitou fora a saia que lhe emprestara Any the One assim que viu a hipótese de a trocar por uma outra branquinha e ainda mais curta. O resultado fez-me lembrar Florence Nightingale mas também me passou pela cabeça o ballet do Lago dos Cisnes. Jokes passeava-se com a saia vermelha que a irmã tinha usado no baile de debutantes e Zep levou, a fazer matching perfeito com uma camisa do guarda-roupa do Survivor, uma mini saia que servira em tempos a Britney Spears e através da qual, no ângulo certo, se podia ver claramente a sua Fruta e Verdura. Notadas foram as ausências do senhor Director, ainda ocupado com as tentativas de marcação do jantar dos Blog Awards e também da Quem? e do Indigente, que desta vez não foram porque acharam a festa demasiado hetero. Paulo Portas estava, como sempre, elegantíssimo no seu discreto tailleur preto às riscas longitudinais.

27.2.07

1.º Ciclo de Cinema Sinal de Alarme: Back to Portas 2007

Para assinalar com as devidas vénias o nevrótico regresso do monstro político que é Paulo Portas, regresso capaz de fazer ressuscitar quaisquer mortos, Sinal de Alarme apresenta o 1.º Ciclo de Cinema Sinal de Alarme: Back to Portas 2007, cujo objectivo claro é competir com o Fantasporto. Tal como o regresso de PP, a programação pretende-se colectiva, mediática, repleta de tabus gripados, conspirativa, sorridente, recauchutada, entre o plástico e o celulóide e que obedeça aos dogmas estipulados por pensadores da craveira de Cavaco, Berlusconi, Madonna, Cicciolina e Caneças. Esta lista assim como a programação vivem em formato wip. O 1.º filme do ciclo está escolhido, graças ao Indigente.
BACK TO PORTAS 2007
tem a honra de apresentar
The Opening of Misty Beethoven




Aguardam-se propostas, críticas (construtivas, claro) que conceptualizem a importância das escolhas cinematográficas no âmbito do BtP 07 e, principalmente, ofertas de mecenato. Quanto à sala, inclino-me para o S. Jorge.

26.2.07

Ok, here is the deal


Às Segundas - Allaboutheforest
Às Terças - Remiguel
Às Quartas - Any the One
Às Quintas - Razorblade
Às Sextas - Carlopod

Isto é o mínimo. Cada um pode sempre postar também nos dias dos outros.
E com este novo Sinal de Alarme até os mortos conseguimos ressuscitar.

23.2.07

RIP, Trois mouvements pour la mort et vie de carlopod








There's no one in town I know
You gave us some place to
go.
I never said thank you for that.
I thought I might
get one more chance.
What would you think of me now,
so lucky, so strong, so proud?
I never said thank you for
that,
now I'll never have a chance.
May angels
lead you in.
Hear you me my friends.
On sleepless
roads the sleepless go.
May angels lead you in.

Carlopod (2005-2007)



Ao contrário dos humanos, os "bloggers" têm a vantagem e a desvantagem de se poderem despedir daqueles que amam.
São várias as razões por que o Carlopod não pode continuar a existir. Não vale a pena passar em revista todas elas mas vale referir a principal: o Carlopod estava agora a transformar-se numa espécie de "evil twin" de quem o criou, passando a olhar sobretudo para o lado negro das coisas. Nada que o revoltasse neste mundo podia ser deixado em branco e todos os males e injustiças da humanidade tinham que ser partilhados. Carlopod abriu a caixa de Pandora e entrou nela sem cerimónias, absorvendo à força o seu irmão gémeo lá para dentro (a imagem de Saturno comendo os seus filhos era afinal premonitória).
Foi o gémeo bonzinho que o matou. O fim do Carlopod é uma coisa boa. O gémeo vai poder passar a valorizar mais as coisas boas do mundo e vai estar mais indiferente ao que está errado. E vai, claro, continuar a acompanhar, à distância, os dois blogs colectivos onde participava activamente o seu "evil twin", assim como todos os outros blogs que ele se habituara a consultar todos os dias.
Conhecendo-o, sabe que o Carlopod há-de mais tarde ou mais cedo ressuscitar, ou então reencarnar num outro ser. Ou talvez não.

22.2.07

O tiro pela culatra.

Excerto do comunicado oficial da Experimentadesign 2007.

«A Experimenta decidiu cancelar a quinta edição da “ExperimentaDesign - Bienal de Lisboa” que deveria realizar-se entre 12 De Setembro e 4 de Novembro deste ano. O cancelamento deve-se única e exclusivamente ao incumprimento pela parte da Câmara Municipal de Lisboa do compromisso assumido por esta autarquia a 22 de Junho de 2006 relativamente a este evento.

De forma inesperada a Experimenta recebeu a 12 de Dezembro de 2006 uma carta, datada de 4 de Dezembro, onde, laconicamente, nos foi transmitido que a Câmara Municipal de Lisboa não iria atribuir à ExperimentaDesign2007 – Bienal de Lisboa a verba de 500 mil euros com que se tinha comprometido a 22 de Junho desse mesmo ano ou “qualquer outra contribuição financeira à bienal por motivos de conveniência e de oportunidade – e num contexto de contenção orçamental.”

A alteração da decisão do Senhor Presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Professor António Pedro Carmona Rodrigues, foi tomada de forma unilateral ou seja, sem consultar o outro parceiro estratégico da bienal, o Estado Português, nomeadamente o Ministério da Cultura, com quem a Experimenta tinha já assinado no dia 3 de Novembro de 2006 um protocolo relativo à próxima edição da Bienal de Lisboa.

A quinta edição da bienal foi distinguida a 14 de Junho de 2006 com o Alto Patrocínio do Presidente da República, Professor Doutor Aníbal Cavaco Silva.

É pois extraordinário que, no ano em que Portugal assume a Presidência do Conselho da União Europeia, a cidade que dá o nome a um dos mais importantes documentos estratégicos da União Europeia, a Agenda de Lisboa, onde é realçado o papel da criatividade e da cultura como vectores de coesão e desenvolvimento social, a Câmara Municipal de Lisboa, de uma forma unilateral, elimine deste modo um projecto desta importância e significado.

Tendo a Câmara Municipal de Lisboa assumido um compromisso com a Experimenta relativamente à quinta edição da ExperimentaDesign – Bienal de Lisboa e tendo por esse motivo a Experimenta desenvolvido todo o programa da Bienal de Lisboa para 2007 a Experimenta irá responsabilizar a Câmara Municipal de Lisboa por todos os danos causados por este cancelamento através dos meios disponíveis na Lei Portuguesa.»

Uma coisa é certa - parece impossível que não se consiga arranjar os 500 mil euros para a realização da bienal. Acredito que a experimenta também esteja com pouca vontade para resolver o assunto. Pode também estar a fazer o papel de vítima. De qualquer das formas parece-me que o Carmona, para variar, confirma o mau carácter que lhe temos atribuído.

Exame Nacional de Avaliação - Ensino Básico

1. Comente sucintamente a seguinte frase:
«O vice-presidente e uma vereadora da Câmara Municipal de Lisboa, Drs. Fontão de Carvalho e Gabriela Seara foram constituídos arguídos em casos de peculato e favorecimento. Isso não significa nada».

2. Responda com precisão às seguintes questões:
a) Como é que o Dr. Fontão de Carvalho, de quem só ouvimos falar depois de dar escândalo, conseguiu ser responsável pelo pelouro das finanças da CML nos últimos 7 anos, saltitando de partido em partido, mesmo depois de todos conhecerem a situação de quase falência da autarquia?
b) Estabeleça a relação de causalidade entre a recusa do Dr. Fontão de Carvalho em se demitir e a sua admissão de que terá dificuldades em, como uma acusação pendente, reassumir as suas funções na iniciativa privada como Revisor Oficial de Contas.
c) Três meses de suspensão de mandato são suficientes para se chegar a um veredicto no processo de que o Dr. Fontão de Carvalho é arguido? Ou serão suficientes para a opinião pública amolecer sobre o caso e ele poder assim reassumir subrepticiamente o cargo?

3. Interprete:
a) A cara de pau do Dr. Fontão de Carvalho, ao dizer que não seguia o exemplo da sua colega Gabriela Seara em se demitir aquando do 1º processo, mostrando-se chocado com as suspeições, quando já tinha conhecimento, sabe-se agora, de que era arguido no 2º processo.
b) A cara de pau do presidente Dr. Carmona Rodrigues de lhe dar todo o apoio político, quer depois do 1º processo, quer depois do 2º, quando também já sabia das duas situações.

4. Responda sim ou não:
Ao Sr. Domingos Névoa, da Bragaparques, só faltava "aliciar" o vereador do Bloco de Esquerda? Justifique a sua resposta, explicando com o auxílio da matemática aplicada como é que o voto deste vereador valia 200 mil euros.

5. Assinale a resposta certa:
O Dr. Carmona Rodrigues veio ontem "denunciar" mais um escândalo na Autarquia - o caso Gebalis - quando ele já estava sob investigação da polícia, com o intuito de:
a) Ajudar a polícia nas investigações;
b) Antecipar-se à própria polícia, que mais tarde ou mais cedo iria denunciá-lo mais uma vez a ele ou à sua equipa;

6. O Dr. Carmona Rodrigues está para toda a gente obviamente inocente. Porquê? (assinale a resposta correcta)
a) Tem cara de boa pessoa;
b) Tem cara de pessoa de confiança;
c) Tem cara de quem não faz mal a uma mosca;

7. Pergunta de escolha múltipla:
Toda esta gente citada, arguida ou não (Carmona Rodrigues, Fontão de Carvalho, Gabriela Seara, Eduarda Napoleão e os outros arguidos menos conhecidos) vem da mesma leva e têm em comum uma pessoa cuja integridade está acima de qualquer suspeita. Quem?
a) Pedro Lopes;
b) Pedro Santana;
c) Santana Lopes;

8. Desenvolva o tema, com o auxílio dos tópicos anteriores e como se fossemos todos muito burros:
«A generalidade dos partidos políticos considera que, apesar de um pouco fragilizado, o executivo da CML tem todas as condições para continuar».

Gato Fedorento - Tesourinhos Deprimentes

Desculpem mas não resisti. lololol

21.2.07

Saudades

can I pray for your return?
the bird I am looking for is not in me

The Pineapple vs The Watermelon - Xiu Xiu

19.2.07

Classificados

Uma vizinha minha, que fazia abortos clandestinos, pôs à venda bem barato alguns utensílios de trabalho que agora com a vitória do SIM já não poderá utilizar mais. Quem quiser aproveite os saldos.



Um SMS recebido

«Vou ver o musical Mamma Mia na Gran Vía esta noite com músicas dos Abba em espanhol. Quando cantarem 'Reina Danzante' a felicidade será total. É mesmo fácil agradar-me».

17.2.07

Wish you were here #7


"Snow White", Užupio Res Publika, Vilnius, Lietuva
16.02.07, 18.08h (16.08 GMT)

16.2.07

Como é bom tocar-te


Vídeo em Estreia Mundial e com o Alto Patrocínio do Sinal de Alarme.
Espectáculo em Estreia Mundial no Centro Cultural do Cartaxo, a 27 de Abril, pelas 21h30. A não perder, como dá para topar.

Anagramas

fontão de carvalho = todo favor encalha
carmona rodrigues = só a comer, dar, ungir
pinto da costa = pacto dá nisto

15.2.07

Wish you were here #6


"Saudades", Kernavės, Lietuva
15.02.07, 17.08h (15.08 GMT)

Wish you were here #5


"Claire", Kernavės, Lietuva
15.02.07, 16.58h (14.58 GMT)

Wish you were here #4


"Snow cage", Traku Pilies, Trakai, Lietuva
15.02.07, 14.10h (12.10 GMT)

Wish you were here #3


Passeio na floresta, Bochum, Deutschland
12.02.07, 18.35h (17.35 GMT)

Wish you were here #2


O duende assassinado, Dortmund, Deutschland
11.02.07, 16.05h (15.05 GMT)

Wish you were here #1f


Landschaftspark, Duisburg-Nord, Deutschland
10.02.07

Wish you were here #1e


Landschaftspark, Duisburg-Nord, Deutschland
10.02.07

Wish you were here #1d


Landschaftspark, Duisburg-Nord, Deutschland
10.02.07

Wish you were here #1c


Landschaftspark, Duisburg-Nord, Deutschland
10.02.07

Wish you were here #1b


Landschaftspark, Duisburg-Nord, Deutschland
10.02.07

Wish you were here #1a


Landschaftspark, Duisburg-Nord, Deutschland
10.02.07

Wish you were here #1


Landschaftspark, Duisburg-Nord, Deutschland
10.02.07 - 20.20h (19.20 GMT)

14.2.07

São Valentim


I love you







Matsuri - Tujiko Noriko

Anagramas

são valentim =

= aval sem tino
= lava sem tino
= vala sem tino
= sem ti não val
= vale mil notas
= nela me visto
= anel me visto
= lava-me nisto
= vos meti anal
= temos vaselina
= vaso mel em ti
= anais em volt
= volt seminal
= vos alimento
= mistela nova
= amo-te saliva
= tomas venial
= sonata em vil
= antes amo vil
= é vil o tanas
= vá mais lento
= leva-me tanso
= aviso mental
= má novelista

13.2.07

A propósito de Paulo Portas

As pessoas não deviam esquecer aquilo que dizem.

Agora está tudo explicado.

Claúdio Ramos fez subir o SIM ao aborto. Defensores do NÃO mudaram de opinião depois de vê-lo na televisão. Milhares de defensores do NÃO ao aborto mudaram a semana passada de opinião depois de ver uma foto do Cláudio Ramos, tirada pouco depois do seu nascimento. Segundo Manuela Betinha - Porta-Voz do Movimento “Aborto Não mas Depende dos Casos” – milhares de apoiantes do movimento defenderam a extinção do mesmo e a criação de um novo movimento chamado “Aborto Sempre, a menos que tenhamos a certeza que é menina para não sair mais Cláudio”.

Marcelo Rebelo de Sousa considera esta situação normal, tendo em conta que “da primeira vez que vi o Cláudio Ramos pedi ao meu médico para me transformar numa larva, não quis pertencer à mesma espécie que ele”. Segundo o professor, “daqui a 90 ou 100 anos as pessoas serão capazes de aceitá-lo normalmente, como aconteceu aliás com o Júlio Isidro”. Os movimentos do SIM aproveitaram de imediato o impacto mediático de Cláudio Ramos, e já na próxima semana deverão surgir os primeiros cartazes com a foto do socialite na sua habitual pose de olhos esbugalhados, com a frase: “Fazer um destes? Não obrigada”.
in, bolas com creme

Anagramas

cláudio ramos = maluca do riso
pedro crispim = pipi sem dores
josé castelo branco = anjo, esbelto, cócoras
manuel luís goucha = achega o sino, lulu
paulo portas = apalpou atrás
eduardo beauté = dobrada, eu e tu
carlos castro = o calor atrás


Vocês até podem não achar piada nenhuma ao resultado, mas garanto-vos que fazer dá cá um gozo...

habeas corpus

Portugal no seu melhor.

O tribunal de Torres Novas vai enriquecer à custa dos signatários do habeas corpus para libertar o sargento que mantém a filha adoptiva em paradeiro incerto. A justiça continua, ainda, sem saber se a criança está viva ou morta (recorde-se que esta criança tem a particularidade inédita de dar pelo nome de Esmeralda para os pais adoptivos e de Filipa para o pai biológico). Como o pedido de habeas corpus foi considerado improcedente cada signatário terá que pagar custas de processo no valor de 840 euros, o que a multiplicar por 10 000 dá 8 400 000 euros. Pelo menos é a teoria defendida pelo juiz conselheiro jubilado Fisher Sá Nogueira. Nada mau. Podem começar a pensar mudar de instalações.

Porém, colocam-se algumas questões logísticas. Por exemplo:

Como vai o tribunal cobrar estes valores?
Terá o tribunal capacidade para instaurar tamanha quantidade de processos?
E no caso de penhoras quantas décadas vai demorar a executar os mais de 10 000 processos?

Parece-me que temos que acordar para a realidade. Terminada a questão do aborto já temos uma outra polémica instalada.

Só espero que a criança esteja viva, no meio desta história toda.

12.2.07

Quiz: Dia dos namorados


Pois é. O tema desta semana são os namorados. O amor, a paixão, a traição - consciente e inconsciente -, o sexo e/ou tudo aquilo que pode acontecer entre dois seres que partilham uma parte ou, raramente, a totalidade das suas efémeras vidas. Se por um lado há quem diga que o "Amor é fogo que arde sem se ver, ferida que dói e não se sente" também há aquela célebre máxima do "Amor só dura enquanto há pau". Considerações e poesias à parte, esta semana pretendemos desafiar a imaginação dos editores desta Magnífica página virtual. Participativos e criativos é que se espera dos bloggers do ALARME QUIZZES.

Allaboutheforest

11.2.07

Imenso Portugal

Mesmo quando as minhas mãos estão ocupadas em torturar, esganar, trucidar
Meu coração fecha os olhos e sinceramente chora...









Fado Tropical - Chico Buarque

9.2.07

8.2.07

Anagramas

Não obrigada! = Agonia dobra!
Assim não! = Mais asno!
Pela vida! = Veda Pila!
Adopção em vez de aborto! = Amo voz de beata no corpo!
O aborto não é a solução! = Ataca o rabo oleoso nu!

7.2.07

Portugal dos Pequeninos


Acabo de ouvir mais uma vez os tempos de antena do aborto na rádio. Já conseguiram desviar toda a gente da questão essencial; nunca na vida eu vi um exercício de manipulação tão violento. E não é por falta de hábito de ser manipulado: todos os dias me tentam convencer por exemplo a ser "cliente prestige" (pronuncia-se "préshtige") do Millennium, quando eu já tenho banco; a comprar um Citroen porque me "faz mais jovem" como ao Sean Connery (o que me faz sentir ainda mais velho); a votar em gente que eu depois descubro que é corrupta, quando é o género que eu mais abomino; a ver telenovelas que desde há décadas são todas iguais; a comer "kinder surpresas", que também são bons para adultos, porque até é romântico; e até a comprar um faqueiro "João Rolo" quando eu já tenho facas.

À medida que a odiosa malta do marketing se vai refinando nas suas técnicas, eu vou concluindo que os portugueses são pessoas pequenas, burras, mesquinhas, medíocres e/ou desonestas, divididos entre os que não pensam e os que só pensam em passar a perna aos outros. Provas disso: mais de um quinto dos portugueses mudaram de opinião em 15 dias neste referendo, porque se deixa levar por argumentos falaciosos; nas votações dos "Grandes Portugueses" e dos "Piores Portugueses" fazem a sua melhor autocrítica, mostram que não têm sequer consciência histórica (a minha teoria é que o único grande português vivo é o Obikuelu); nos empregos, os melhor pagos são normalmente os que vendem (manipulam os outros) melhor; até as casas que constroem para si são cada vez mais horríveis (as partes antigas das nossas cidades, vilas e aldeias são invariavelmente melhores que as novas); querem sempre parecer mais do que são; são uma mistura tenebrosa de beto com piroso; quanto mais músculos têm, mais curtas e justinhas têm as t-shirts; são moralistas e obcecados com as partes baixas dos outros; são xenófobos e não compreendem a diferença; até no futebol (lembro que é um desporto!) são corruptos; e não perdem uma oportunidade de fazer batota, se tiverem poder ou oportunidade para isso, mesmo nas brincadeiras mais inconsequentes.

Não me consigo acomodar a isto e acredito que ainda vou acabar numa camisa de forças. Os portugueses estão cada vez mais pequeninos. Menos com menos não dá mais, dá menos. A matemática que me ensinaram está errada.

Raios, fui apanhado.

Há já algum tempo que não me faziam chorar como hoje aqui.

5.2.07

2.2.07

O Inacreditável aconteceu.


Oscar Wilde, uma das figuras mais controversas e consagradas da história da literatura ocidental, recebeu uma rara homenagem do Vaticano, com o lançamento de uma antologia de frases organizada por um colaborador próximo do papa Bento XVI. Provocações: aforismos para um cristianismo inconformado, compilação de mil frases de carácter moral organizada pelo padre Leonardo Sapienza, chefe do protocolo do Vaticano, está a merecer a atenção mediática internacional. "Vaticano sai do armário e abraça Oscar Wilde" foi o título do The Times. Em Itália, o lançamento do livro foi "uma supresa: um ícone homossexual foi aceite pelo Vaticano", diz o diário La Repubblica. Sapienza afirmou ao The Times que incluiu Wilde na compilação, porque "foi um escritor que viveu perigosamente e, às vezes, escandalosamente, mas deixou muitas máximas afiadas". Wilde teve uma relação controversa com o catolicismo. Nascido numa família protestante e filho de pai agnóstico, Wilde teria sido baptizado a pedido da sua mãe e sem que o seu pai soubesse. Teve uma relação de admiração com a Igreja e recebeu a benção do Papa. Dizia que não era católico, antes "um papista violento". (fonte: JN)

Até já.

I hold you like I'll never let you go.



Leaving on a Jet Plane - Janis Joplin

Bom Dia!

I want you to notice
when I'm not around



Damine Rice, Creep

1.2.07

Joanna Newson


Sprout and the Bean

I slept all day
I woke with distaste
And I railed
And I raved

That the difference between
The sprout and the bean
It is a golden ring
It is a twisted string

And you can ask the counsellor
You can ask the king
And they'll say the same thing
And it's a funny thing

Should we go outside
Should we go outside
Should we break some bread
Are y'interested

And as I said
I slept as though dead
Dreaming seamless dreams
Of lead

When you go away
I am big-boned and fey
In the dust of the day
And in the dirt of the day

And the danger, danger drawing near them was a white coat
And the danger, danger drawing near them was a broad boat
And the water, water running clear beneath a white throat
And the hollow chatter of the talking of the tadpoles
Who know th'outside
Should we go outside
Should we break some bread
Are y'interested



Pois é meus amigos. Joanna Newson. Fixem este nome. Vamos ouvir falar dela até ao fim - dela ou nosso. A voz é absolutamente única. A Bjork é provavelmente a voz mais parecida com a desta menina. Mesmo assim longe da notável limpidez desta criatura. A harpa e a voz articulam-se numa harmonia só. Inocência é uma palavra que não podemos deixar de pensar quando ouvimos esta jovem de 24 anos que faz da música folk aquilo que nunca foi.

Em 2004 esteve no Lux com um outro senhor chamado Ben Chasny (fanático por Carlos Paredes) mentor de uma outra banda a não ignorar os Six Organs of Admittance.

Cibelle



Faz-me Favas Com Chouriço

And when I get scared you`re always around



I Got You Babe de Sonny&Cher por David Bowie como Ziggy Stardust & Marianne Faithfull como The Trippin' Nun