21.2.08

Dá cá beijinho, amor...que a gente devolve-te "la pasta"

Da cidade de Pádua, na Itália, chega-nos uma notícia surpreendente. A autarquia local anda a cobrar uma multa de 50 euros aos munícipes que são apanhados em flagrante a tentar adquirir os serviços de uma profissional da noite. As meninas, por seu lado, numa atitude corporativista sem precedentes, decidiram dar uma borla geral aos clientes que forem apanhados. E, numa espécie de onda "prostitutas unidas venceremos", cerca de 80 por cento de profissionais já aderiram a esta modalidade. É uma espécie de feirão do sexo, mas sem cartões, talões ou outras complicações. É a loucura geral.

E porque as meninas não pretendem enganar ninguém, as que aderiram a esta iniciativa estão identificadas com um dístico cor-de-rosa. Portanto, garotos, tende cuidado. Se querem os euros de volta procurem as pimpolhas cor-de-rosa.

2 comentários:

PDG disse...

E, depois disto, quem é que tem a lata de afirmar que o sindicalismo está morto, na europa?

E, já agora, já que dão descontos, dão também senhas para descontar na gasolina? É que o barril de crude atingiu anteontem novo record... e, assim como assim, o cliente atestava a profissional e, de seguida, a viatura que o conduziu à mesma (o encerrar de um ciclo perfeito...).

any the one disse...

que moço tão informado sobre as última do petróleo...mas se calhar é uma boa ideia...vai-se às meninas e ainda se ganha senhas para a gasolina.